© 2019 by DireitoDoMar.org

Preciso fazer algum curso além da faculdade para estudar Direito do Mar?

 

No tópico 3 explicamos que o Direito do Mar não faz parte da imensa maioria do currículo dos cursos de graduação.

 

Assim, para os que desejam se especializar em alto nível, cursos sobre Direito do Mar são altamente recomendados, mas não existem no Brasil.

 

Considerem algumas sugestões:

 

 

Para os interessados em MESTRADO  e DOUTORADO (pós-graduação stricto sensu) é preciso esclarecer não existirem cursos específicos no Brasil voltados a Direito do Mar.

 

Caso esteja interessado, nossa sugestão:

 

a) identifique um programa de pós-graduação stricto sensu com linhas de pesquisa voltadas a temas do mar, como por exemplo ciências do mar, direito, oceanografia, biologia marinha, engenharia de pesca, de aquicultura, de petróleo, ambiental. Para conhecer as linhas de pesquisa, consulte o site do programa. Bons programas, geralmente com melhor avaliação da CAPES, publicam em seus sites dados completos sobre linhas de pesquisa e seus respectivos docentes.

 

b) identifique se seus interesses de estudo, curriculum e experiência estão adequados às linhas de pesquisa do programa.

 

c) identifique quais docentes da linha de pesquisa seriam potenciais orientadores. Aproveite a oportunidade e faça uma pesquisa no curriculum Lattes do docente, a fim de identificar sua produção, grupos de pesquisa aos quais pertence, orientações e toda informação que lhe seja útil para verificar a identidade da pesquisa do docente com seus interesses como futuro aluno e pesquisador em nível de pós-graduação.

 

d) se possível, tente um contato com o docente por email (geralmente disponível no site do programa). Dica: seja respeitoso (no primeiro contato não deixe de usar "senhor", "professor", mas não exagere com "Vossa Senhoria" ou "Vossa Excelência"), seja direto (diga seu interesse), seja breve (não escreva sua biografia toda no email) e solicite uma oportunidade de uma conversa pessoal (na Universidade ou programa do docente, ou mesmo via Skype).

 

e) para o contato por email, prepare-se! Leia previamente artigos sobre o tema de seu interesse; leia artigos produzidos pelo docente que contatará. É muito comum, infelizmente, contato de candidatos que "não têm a mínima noção" do que pretende estudar na pós-graduação. É óbvio que o conhecimento vem com o estudo, mas é igualmente óbvio que preparar-se para um primeiro contato ou mesmo uma entrevista (acadêmica, de emprego ou qualquer uma) é um exercício de respeito mútuo. Prepare-se para causar uma boa primeira impressão desde o contato por email e mais ainda numa entrevista com o docente.

 

f) finalmente, estude, estude, estude! Podem lhe tirar ou faltar muitas coisas materiais, mas estudo ninguém tirará de você.